terça-feira, 13 de julho de 2010

Baby 4 ever

Quando estivemos em Lisboa, um dos lugares interessantes foi o shopping “Armazéns do Chiado”. Num prédio antigo, lojas modernas (inclusive a Fnac), e como ele faz a ligação entre dois níveis da cidade (tipo Cidade Alta – Cidade Baixa  em Salvador), são vários andares, bem charmoso.

Viagem Canon 26-05-2010 085

Lá encontramos uma exposição de “barrigas”.  Feitas de gesso e decoradas, elas estavam em exposição e a gente podia “vesti-las” pra tirar foto. Muito legal, muito bonitas, vejam aí, eu e Marido, cada um com uma barriga de grávida:

Viagem Nikon 26-05-2010 006

Viagem Nikon 26-05-2010 009 

A princípio, achei interessante, quis fotografar, e, como sempre, comecei a conversar com a moça que estava cuidando da exposição. Na verdade, “a moça” é a designer que produziu as Barrigas, e a exposição é somente uma parte do projeto Barrigas diferentes, amores iguais, promovida pela ONG Ajuda de Mãe.

“A "1ª Edição da Campanha Barrigas Diferentes, Amores Iguais" tem como objectivo apoiar a Associação Ajuda de Mãe na construção de um novo espaço educativo.

A Ajuda de Mãe é uma instituição de solidariedade social, cuja missão é apoiar as mulheres grávidas, no respeito pela vida do bebé que vai nascer e para que, com esse apoio, cada mãe possa melhorar a vida da sua família.

Para tal a Ajuda de Mãe:

  • Promove a qualificação escolar das mães, de modo a que adquiram pelo menos a escolaridade obrigatória.
  • Promove a reinserção social e profissional das mães tornando possível e mais qualificada a sua entrada no mercado de trabalho, e respectivamente a sua reinserção na sociedade.
  • Apoia a família.”

O projeto foi idealizado pela Carmen Filipe, designer que fez 12 Barrigas em gesso, usando como moldes 12 mulheres portuguesas, sendo 6 grávidas famosas e 6 grávidas carentes atendidas pela Ajuda de Mãe. Elas posaram, depois da arte feita nas barrigas de gesso, e a coleção de fotos além de exposta, se tornou um livro.

DSC_0000021

Acompanhando cada foto, que tem um título, a Carmem colheu respostas das modelos para as perguntas: “Ser mãe é…” e “Ajudar é…” .  Mas o livro não se resume às fotos. A parte mais importante é que ele vem como um livro em branco, com a seguinte epígrafe:

“Caro Leitor:
Este é o seu livro em branco.
Nele pode…
Guardar seus pensamentos e emoções, imagens de cada momento a recordar.

Há quem diga que a sua missão só estará cumprida quando…
Tiver um filho,
Plantar uma árvore e,
Escrever um livro.

Esta é a sua oportunidade de concretizar parte de sua missão.
Pode tornar essa missão mais rica ajudando alguém.”

Os livros são vendidos a 3 euros e eu me arrependi mortalmente de ter comprado apenas um. Comprei, não sei o que escrever, já que não estou grávida e nem estarei mais nunca, mas também não tenho coragem de dar a ninguém, nem pra Jady, que está com a gravidez em planejamento. É meu. Eu amei ler cada frase, ver cada foto, cada barriga… e, olha, como as famosas portuguesas eu não conheço, fica difícil saber quem são as modelos carentes. As fotos estão belíssimas!

DSC_0000025  DSC_0000022

A Barriga da Liberdade celebra o Dia da Liberdade, 25 de abril, data da Revolução dos Cravos, [e aniversário de Marido].

Estas foram as barrigas que nós escolhemos pra tirar foto: Marido escolheu a Barriga dos Avós e eu a Barriga Ser Mulher. (“Ser mulher é pura polivalência”)

DSC_0000023DSC_0000024

A arte de todas as barrigas foi da Carmen Filipe, mas ela vende o kit para que você, grávida, faça a sua própria barriga, sendo você mesmo o molde. No site Baby 4 ever você pode comprar a latinha com gesso, e todas as instruções para produzir além de uma obra de arte, uma linda lembrança da gravidez.

E depois de fazer “sua barriga”, mande as fotos pro blog da Carmem. A exposição das barrigas continua em Portugal, veja a agenda no site. E o livro pode ser comprado online também.

Ah, enquanto estiver no Site, aumente o volume da música de fundo e ouça Mariazinha Luz.

Eu fiquei muito emocionada quando vi a exposição e conheci o projeto, e desde aquele dia planejo escrever sobre isso, mas sempre algum outro assunto passa na frente. Mas depois de dois reencontros deliciosos com meus filhotes (um de cada vez), não dava mais pra procrastinar.

Delmiro Gouveia 25-06-2010 031

Com ele, em Delmiro Gouveia

Sushi Line 06-07-2010 012

Com ela, em Recife.

2 comentários:

Ivana disse...

Belzinha, que post mais lindinho!!
Eu adorei esta idéia das barrigas moldadas em gesso! Ah, se um dia eu viesse a engravidar (difíiiicil), eu adoraria ter uma destas, eternizando o momento único!
Bel, eu conheço Portugal, mas quero muito poder acompanhar Aurélio até lá. Quem sabe um dia. Eita país lindo!
Beijos!

Tâmara disse...

Quando chegar minha hora de ser mamãe vou fazer um barriga de gesso dessas, muito legal! :)